14 de set de 2010

O MOITA

Nuncanessepaís um candidato a vice-presidente da República foi tão quieto quanto Michel Temer. Foi assim que ele deixou todo mundo para trás e chegou à chapa oficial do PT para a corrida ao Palácio. Dilma não perde por esperar.

ACOSTUMADA
Chateada porque a mídia está muito mais interessada no filho de Erenice - uma "antiga subordinada", do que ao seu neto Gabriel, Dilma torceu o pé nessas suas andanças por aí. Nada demais. Ela está acostumada a torcer de tudo um pouco: palavras, discursos, a história, o passado, o presente, o futuro...

NÃO CONTRARIA
Nuncanessepaís um presidente foi tão ele mesmo quanto Lula em Santa Catarina, terra onde sua candidata ao governo do estado está empacada num acachapante terceiro lugar: "Temos que extirpar o DEM da política brasileira!". Lula é assim mesmo. É, como os grandes ditadores, um cara bom e batuta. Só não gosta de ser contrariado.

A NATUREZA
Essa ira toda de Lula faz sentido. Vai ver que "extirpar" adversários políticos, quando suas estratégias não dão certo, é mesmo a melhor e mais honrosa saída para quem, como Lula, não admite derrotas. Desde pequenininho que a gente manja tipos assim... Se não tem lugar para eles, chutam o pau da barraca; se o time deles está perdendo, furam a bola; se não jogam nada, pegam a bola pra eles e se adonam do clube. É da sua natureza.

O NOME PRÓPRIO
O filho de Erenice foi servidor de diversos órgãos no governo Lula. Além de trabalhar na Anac, Israel Guerra foi indicado para cargos comissionados no Ministério da Cultura e no Ministério Público do DF. Isso, mais do que nomeação, é infiltração. Depois disso tudo, com a experiência adquirida pelos profícuos serviços prestados à nação, por relação semântica, Israel é nome mais, digamos, prórpiro, para assumir o Ministério da... Guerra.

ABSTINÊNCIA
Coitado do ex-governador do Amapá, Waldez Góes amigão de Lula e companheiro de Dilma, está confinado na Papuda e a sua mulher está presa numa cadeia feminina de Brasília. O que mais o estiumula a pedir liberdade ao Supremo Tribunal Federal, nem é tanto o que a Polícia Federal descobriu a respeito das maracutais milionárias deles e de outras "pessoas não comuns" das relações e amizades de Lula, Dilma e Zé Sarney. O que mais o anima a entrar com um habeas no STF é que ele não teve o direito até agora de uma mísera e necessária visita íntima.

A ASA
Erenice usou 'laranja' ao criar empresa com filho. A ministra afirma que empresa Asa Imperial nunca teve atividade econômica e que ainda está ativa por mera formalidade. Não é disso que a gente está falando. O que interessa é saber por quê uma ministra chupa laranja em horário de trabalho. Cá pra nós, com uma firma chamada Asa, nada disso poderia cheirar bem.

PAREM COM ISSO!
Esse escândalo lá no Amapá e esse outro na Casa Civil estão acabando com o ânimo de Serra: ninguém mais dá bola para a quebra de sigilo fiscal da sua filha e do seu genro. Serra está pedindo pelo amor de todos os deuses que ninguém descubra mais nenhuma maracutaia do governo. Desse jeito, nem mesmo Marina Silva vai ganhar de Dilma em outubro.

Tudo bem, o tenista espanhol Rafael Nadal é mesmo um fenômeno. Acaba de papar o U.S. Open, em Nova Iorque... Mas, o que incomoda é aquela falta de educação e até de higiene dele: antes de qualquer saque, para colocar as bolas em jogo, Rafa sistemática e teimosamente passa a mão direita nos fundilhos, leva-a ao nariz e depois besunta as duas orelhas. Só então, saca para vencer. A mania faz sentido: Nadal sente o som e o cheiro da vitória, bem antes dos seus adversários.