16 de mai de 2010

SEQUEM A PESCOÇADA

Momentos antes da partida decisiva contra o Málaga, o melhor jogador do time de Dunga, o meia Kaká sentiu dores e não foi aprovado nos testes feitos no vestiário. Com isso, ele sequer ficou sentado no banco de reservas da partida final do Real Madrid. Em seu lugar, entrou em campo Van der Vaart, meia holandês que substituiu o pélvico brasileiro Kaká nos jogos em que o brasileiro não atuou em razão dos tratamentos do púbis.

Ora, tá certo que as viúvas de Ronaldinho Gaúcho, Neymar, Pato e Ganso andem por aí "secando" a lista de convocados pelo Dunga para o fiasco brasileiro na Copa do Mundo, mas se quiserem botar mau-olhado que  o ponham pra cima dessa pescoçada toda de Josués, Grafites, Gilbertos, Klebersons, Ramires, Sicranos, Beltranos, Elanos.

Káká e Robinho são tudo o que nos restou de futebol para a África do Sul. Lá, eles vão ter que matar um leão por dia para manter viva a seleção brasileira.