23 de mai de 2010

E NÃO SE FALA MAIS NISSO...

Estamos no meio de 2010. Só se fala no futebol lá na África do Sul, nas eleições de outubro e, claro, nas viagens fiasctóides de Lula pelo mundo afora. Como JK fez 5 anos em 50, o Marco Polo brasileiro já deu 80 voltas ao mundo em 8 anos. Não só ao mundo, deu a volta em todo mundo. Mas não é disso que estamos falando. O espaço aqui é hoje para outros quinhentos.

Faz dois anos exatos que já não se fala mais nisso:

INVESTMENT GRADE
No mes de abril do longínquo ano de 2008, o Brasil obteve o honrado grau de investimento, concedido por agências de avaliação de risco aos países que demonstrassem capacidade e vontade de pagar sua dívida externa. Sucede que aquela crise que "chegou por último ao Brasil e saiu primeiro daqui" acabou com a reputação das agências e o investmnt grade caiu em desgraça, perdeu a força, esbugalhou-se.

MUNDO EM CRISE ALIMENTAR
No começo daquele ano, os chineses e indianos começaram a comer mais do que sempre comeram. Com o aumento da comilança na China e na Índia, com a escalada no preço das commodities, tudo indicava que iria faltar comida no mundo. Resultado: tudo deu em nada, o preço das commodities espatifou-se a crise escafedeu-se.

ETANOL NELES
Há dois anos, o sucesso do etanol no mundo provocou o aumento das áreas de plantação de milho e da cana-de-açúcar, suas primas por parte da matéria. Aí, não deu outra, onde tem o dedo do pré-frio há sinal de urucubaca: o preço do barril de petróleo ficou abaixo dos 50 dólares. O discurso do presideus pré-frio se perdeu e ninguém mais quer saber de etanol.

PRÉ-SAL
Se você ainda não foi à missa de 7° Dia deve estar lembrado que a Petrobras anunciou naquele setembro de dois anos atrás, a sensacional descoberta na costa brasileira de jazidas de petróleo fino - o melhor e mais cobiçado deles - a coisa de 6 mil metros de profundidade. Bem ali, naquela camada geológica que atende pelo nome de pré-sal. Não era mentira. Era uma distante verdade: o petróleo existe e está lá até hoje. O azarão do preço baixo e a fartura daprodução mundial fizeram com que ele ficasse por lá até hoje, pobre e abandonado.

MANIA DE GRANDEZA
Nesse mesmo distante ano de 2008, o Ministério da Fazenda imaginou e criou o Fundo Soberano. A pretensão seria abastecer esse fundo com economias que o governo fizesse. Essa foi talvez aquela piada de salão que o Delúbio prometeu: o Senado aprovou, com toda pompa e circunstância a criação do fundo. Aí, como o técnico Feola, em 1958, não combinou com os russos sobre o que Garrincha deveria fazer, os senadores também não avisaram ao governo Lula qual seria a sua parte. O fundo está sem fundos até agora.

CANTORIAS À PARTE
Gilberto Gil, o encantador ministro da Cultura pediu demissão "para se dedicar à carreira artística". Coisa assim como se algum dia ele tivesse abandonado a carreira só para ser ministro da cultura de Lula. Gil emendou a turnê de Banda Larga Cordel ao seu abandono voluntário e tudo ficou como antes para a cultura de Lula, para o Brasil, para a afinada trajetória artística de Gilberto Gil.

MARINA MORENA
Marina Silva, cansada de guerra com Dilma e outras aloprações, deu os doces no Ministério do Meio Ambiente. Isso foi naquele maio que já tem dois aninhos de vida. Perdeu a batalha para o fogo amigo e as futricas intestinas que não a impediam de combater o desmatamento da Amazônia. Marina Morena voltou ao Senado, se pintou de verde e agora "desmata" votos de Zé Serra, facilitando a corrida de sua desafeta ao Palácio.

MATILDE RIBEIRO
Faz dois anos, nada mais que isso, que Matilde Ribeiro - a que foi ministra da Igualdade Racial saiu pela janela do ministério por causa dos seus gastos compulsivos com o cartão corporativo em restaurantes, locadoras de carros e num free shop. Em homenagem a Harry Belafonte, she take our money and run Venezuela. Mesmo assim teve de devolver penosos R$ 2.815 reais. Até agora não se sabe se o Ministério Público Federal conseguiu que Matilda ressarcisse o país em mais R$ 160 mil. Não, não notícias de que Matilde tenha comprado tapioca no bar da esquina. Podem perguntar para o esportivo discípulao Orlando Silva se ele sabe quem foi.

MINISTÉRIO DA PESCA
Presideus Lula encasquetou que no lugar da Secretaria, ele criaria o indispensável Ministério da Pesca. Levou ferro. Foi a Era de Aquarius de Lula. Diante do malho o presideus pesacdor chegou a desistir de criar o ministério por medida provisória. Como não gosta de ficar engasgado, voltou à carga e adivinhe só o que foi que aconteceu. Não a espinha está atravessada até hoje na garganta dos brasileiros.

EL CID
Maio de 2008, mes das noivas e do dia das mães sem teta, El Cid Gomes -  governador do Ceará, levou a sogra para passear pelos confins da Europa, com despesas pagas pelas burras públicas. A farra veio a furo. Ele foi perdodado pelo Tribunal de Contas do estado que governa(!?).

SEVERINO CHEQUE-CHEQUE
Ele foi presidente da Câmara dos Deputados. Arcanjo criador do baixo-clero da política nacional. Mas, se você não sem lembra, em 2005, teve que renunciar ao mandato porque o pegaram com a boca na botija cheia de propina e migalhas de comida do restaurante da Casa do Polvo.  Logo saiu da toca e com o apoio moral de Lula, Severino Cavalcanti virou prefeito de João Alfredo, seu torrão natal.

GUERRA É GUERRA
Erenice Guerra, hoje corpo e alma de Dilma Rouchefe na Casa Civil, era o braço-direito do poste preferido por Lula para iluminar os corredores do Palácio. Ela elucubrou o dossiê com gastos de FHC e dona Ruth Cardoso. A papelama que virou banco de dados foi montada para desviar os holofotes do uso e abuso cartões corporativos no governo Lula. Deu certo. Até hoje os cartões correm livres, leves e soltos pelas sombras do Brasil e do mundo afora, sob o absoluto sigilo oficial que protege a segurança nacional. Deles.

MEU GAROTO!
Está fazendo dois anos: a Polícia Federal apontou o dedo na direção de Anthony Garotinho ex-governador dos cariocas, tentando mostrar que ele chefiava uma quadrilha infiltrada na Polícia Civil do Rio de Janeiro que continua lindo. De lá pra cá, Garotinho se mandou para a cidade de Campos governada por sua mulher, Rosinha, a mais que prefeita. A Justiça disse amém à ação de graças que o acusa de líder de quadrilha armada. Ainda é réu, pode ser condenado a até oito anos de prisão, mas o mais provável é que não consiga ganhar mais uma eleição para governador do Rio, grande descoberta de Cabral.

MANGA DE COLETE
Há precisos dois anos, Carlos Minc do Meio Ambiente, comandou em mangas de colete a apreensão de 4.200 cabeças de gado numa reserva florestal no Pará. Supreendentemente nenhuma delas tinha qualquer coisa a ver com o rebanho fantasma de Renan Calheiros. O resultado foi notável: o ministério fez um leilão dos bois piratas. Antes que eles fossem parar num desses rodeios sertanejos, conseguiu vendê-los por R$ 1,3 milhão. Gastou muito mais com a Operação Manga de Colete.

RENASCER
Logo que Lula ganhou uma camiseta de Káká, os bispos Estevam e Sônia Hernandes foram condenados a dez meses de reclusão e catorze meses de liberdade condicional. Eles entraram nos Estados Unidos com dólares na bíblia e quem sabe lá onde mais. Condenados, cumpriram pena - com pulseirinha nos tornozelos e tudo mais - numa mansão resguardada num condomínio de luxo na Flórida. Káká, assim que jogue a Copa do Mundo na África, será consagrado bispo da igreja Renascer. É um de seus maiores doadores universais.

AS PUPILAS DO SENHOR REITOR
As pupilas de Timothy Mulholland dilataram e ele pediu demissão do cargo de reitorquando descobriram que usava dinheiro destinado à pesquisa para decorar seu apartamento funcional. Mulholland foi multado em R$ 5 mil. De quando em vez ele dá umas aulas na mesmíssima UnB que, como sempre, está em greve.

Esse tímido, mas intimorato resgate foi há exatamente dois anos... E não se fala mais nisso!