16 de mai de 2010

CADEIRA E MÃOS VAZIAS

Então, sem muito mais tempo para torrar o dinheiro das burras públicas, Luiz Inácio Lula da Dilma se mandou travestido de presideus mundano para o Irã. Foi apertar a mão do Líder Supremo do Irã, Aiatolá Ali Khamenei, em Teerã, e meter contra a parede o amigo velho de guerra, Mahmoud Ahmadinejad. Como se sabia, a gastança não deu em nada. Nem sequer garantiu a cadeira na ONU tão almejada - leia alvejada - por Lula. (Foto: R. Stuckert/PR)