4 de jul de 2010

Estão verdes, não prestam

Foto: R. Stuckert/PR
Lula - O que se chama de Dilma - de pé frio na África e mãos ao alto.

Com o pé frio na África, Lula - o que se chama de Dilma, descartou a idéia de ocupar uma cadeira na ONU. É a volta da velha fábula da raposa e as uvas. Como não as podia alcançar, a raposa fez focinho ximbé e desdenhou: - Estão verdes, não prestam. Lula - o Dilma, sabe que, por andar aos abraços e queijos com os piores ditadores da face da Terra, agora já não é mais "de confiança" para os controladores globais. Melhor dizer que não quer. Melhor do que tudo ainda é ser cabo-eleitoral de sua postulante predileta ao Palácio do Planalto.