8 de jul de 2010

Isso aqui Iôiô...

Reprodução/iG.com
Aos poucos o caso macabro Bruno & Eliza está sendo deslindado. Aos poucos mesmo. O garoto falastrão, primo do goleiro, assustado e certo de que é um arquivo-morto, diz que ela foi emparedada. E mais: que viu quando Macarrão jogou uma das mãos da ex-namorada mãe de seu filho Bruninho, ser jogada aos cães ferozes de uma casa para onde o corpo da jovem foi levado já esquartejado. É assim que, aos poucos, a torcida do Flamengo vai entendendo porque o goleirão era tão frio até mesmo nos maiores clássicos do campeonato. Não tremia nem diante dos pênaltis.

FOI O MORDOMO
O Goleiro Bruno do Flamengo, não foi convocado para a Seleção Brasileira. Não enfrentou a Holanda, mas jogou um laranja para cima da Justiça brasileira: seu primo adolescente. O guri, bananão, deu com a língua nos dentes e dedurou: "Eliza foi morta e emparedada pelo mordomo de Bruno, o Macarrão". Bruno está preso. Agora vai ter que comer essa massinha azeda.

LOCO
Aquele atacante Abreu é mesmo Loco. Depois do laranjaço que levou da Holanda, gradeceu a "torcida" de Lula pelo Uruguai no jogo de adeus à Copa do Mundo.

GUERRA DOS SEXOS
Mônica, esposa de Zé Serra foi a um encontro de mulheres, tipo assim chá das cinco. Entre uma chávena e outra, não teve dúvidas e lascou: "...mulher não engana mulher". A turma da Mônica adorou.

SEM LER
Sem ler, nesse caso, não quer dizer que há alguém sem lesão por esforço repetitivo. Sem ler, nesse caso, é a repetição de uma atitude que já virou costume no Brasil. Sem ler, nesse caso, começa pelas escolas, ninguém lê - de professores a crianças e alunos mais graúdos; segue pelo presideus que assina uma reforma ortográfica, sem ler; prossegue com avais como aquele que Zé Genoíno deu mas não leu ao empréstimo de R$ 2,4 milhões ao "empréstimo" de Marcos Valério ao PT; e não acaba com Dilma assinando, em menos de oito horas, dois planos de governo que teve oito anos para elaborar.

ARTIGO 51
Quem escuta dona Dilma falar percebe logo que é pura intriga da oposição aquela história de que O Cara tem ao lado sempre uma boa idéia.

AUMENTO PARA ELES
Depois de levarem séculos para aprovar um aumento de 7,7% e reforçarem o jugo do fator previdenciário para os aposentados e pensionistas do INSS que ganham mais de um salário mínimo, os senadores acabam de aprovar na maior ligeireza aumento de 25% para os servidores do Senado. Do Senado uma privica... Servidores deles!