26 de abr de 2010

Bola pra Frente!...

Ciro Gomes está sentindo até agora, bem ali onde as costas perdem seu digno nome, o pontapé nos fundilhos que levou do PSB por ordem vinda dos vestiários enviada pelo técnico Lula.

Ciro o atacante, agora vê brecha em tudo que é falta com barreira. E bate, sempre com violência, contra seus adversários, em qualquer campo e qualquer modalidade.

No fim de semana, jogou duro na área da Rede TV! e atacou o tempo todo. Chamou o PMDB no apito e disse que não se escala em um "ajuntamento de assaltantes". Logo em seguida endereçou um bolaço contra o capitão do time, Michel Temer, em quem não cuspiu, a quem não chamou de macaco, mas ao qual classificou de "chefe dessa turma de pouco escrúpulo".

Usando o drible da vaca-louca, bateu nas canelas do tucano Zé Serra. Entrou de sola, xingando que Serra "é bastante preparado, mas com personalidade autoritária e tenebrosa". E logo enfiou um carrinho com os dois pés: "Com o poder na mão, ele me parece um grande perigo para o país".

Quer dizer, sem Ciro Gomes, vamos perder feio essa Copa: o que ele quis dizer é que se Serra é assim, não adianta votar em Dilma, a quem todo treinador de bom senso manda marcar de cima, senão ela vira o jogo, muda as regras e expulsa o árbitro.

Assim é que, como o Brasil é o País do Futebol, a Suderj informa: vai sair o presideus e entrar o presepada. Sai de campo um rei e entra um imperador.

Desse jeito o time do PT nem vai precisar usar a velha tática de comprar o juiz, nem a sua manjada estratégia de desqualificar o adversário. Bola pra frente e seja lá o que Deus quiser! Já que Marina está escalada no banco de reservas... E futebol sempre foi pra homem. Até que Marta foi eleita três vezes pela Fifa como a melhor jogadora do mundo.

A essa altura do campeonato só resta para a maior torcida do mundo pegar o pau do bandeirinha ou, quem sabe lá, da bandeirinha e enfiar nas urnas, em 2 de outubro.