15 de jun de 2010

A Porção Collorida de Lula

Fotos: R. Stuckert/PR
Lula, aquele que se disse chamar Dilma, bota pra fora a sua porção Collor de Mello. Mostra aqui, em Minas Gerais, o seu lado tratoral de fazer campanha política.
Aqui, Dilma - que também atende pelo nome de Lula - revela o lado tratoral-publicitário de sua porção Collorida.
Neste flagrante capturado pelas lentes da História Oficial, o presideus exibe em sua porção Collorida, o lado super-herói. Mete a mão e a enfia fundo sem o menor temor de perder os dedos.
A mesma porção Collor já na sua melhor e mais perfeita tradução: - Vamos parar por aqui, que ninguém é de ferro!