11 de out de 2010

Pronto, Seleção do Mano 2 a 0 Ucrânia. O melhor jogador do Brasil, apesar de Pato e Robinho, foi Neymar - do Santos - disparado. Está bem, ele não foi jogar lá em Derby, mas se fosse seria o melhor em campo.

Aos 25 minutos do primeiro tempo, Robinho cruzou da esquerda para a direita. Daniel Alvez errou o boleio, bem do jeito que ele sabe: gol do Brasil.

Aos 43 minutos, gol da Ucrânia. Foi tão bem feito que não valeu. O estádio inteiro, como lotação meia-boca, viu o que o bandeirinha não viu. Gol legal. Dois minutinhos deepois, terminava o primeiro tempo: Brasil 1 a 0, num jogo em que Paulo Henrique Ganso poderia ter jogado com uma perna só.

Depois de levar uma humilhante bola na trave, o Brasil foi para o ataque. Robinho cruzou para Pato, deu meia volta no zagueirão que fez uma pataquada para o Brasil fazer 2 a 0. E acabou assim. Mais uma derrota de Luxemburgo. O próximo compromisso da Seleção de Mano vai ser contra o Gerovital, em Brasília. A não ser que apareça um time mais fraco só para manter a invencibilidade e deixar o Luxemburgo mais frustrado ainda.