28 de out de 2010

Aumentam os rumores em torno da sucessão no governo da Argentina. Maradona foi ao enterro de Kirchner. O minideus de los hermanos não conseguiu operar nenhum milagre durante a cerimônia. A expectativa agora está totalmente voltada para a chegada do presideus Lula da Silva.

Reparem que nas pompas fúnebres realizadas pelo senador da República, Romeu Tuma, não aparecem Maradona, nem Evo Morales, muito menos Lula da Silva.