15 de out de 2010

MAQUIAGEM - A Lei da Ficha Limpa é pura maquiagem. Uma lei meia-boca. É como mulher meio grávida; home meio honesto. Pela Lei da Ficha Limpa, Jader Barbalho e Roriz não podem; Fernando Collor, Renan Calheiros, Zé Sarney podem. Melhor seria deixar para ver como é que fica. Ninguém vai notar nenhuma diferença. Eles andam todos por aí, de cara limpa.

TIRIRICA - O palhaço vai ter que provar que sabe ler e escrever. A Justiça quer que ele seja igual aos outros ocupantes da Casa do Polvo que justamente porque sabem ler e escrever andam fazendo o que fazem sob o mais pleno sol da liberdade.

O FENÔMENO - Ronaldo não joga mais nada. Agora não passa de mais uma promessa. Quer dizer, tem tudo para ser candidato a qualquer coisa na política brasileira.

DILMANEWS - Em mais um horário gratuito de TV, Dilma parecia vender sinceridade: "Fizemos muita coisa no Brasil". Uma delas foi petetizar o Estado; outra, estatizar o crime organizado; mais uma, banalizar os escandalos e, se quiserem mais: implantar o modelo da esperteza.

TEM DONO - Para Dilma não é justo "privatizar a Petrobras e o Pré-Sal"... Justo foi petetizar a Petrobras, o Banco do Brasil, a Caixa Econômica e, assim que der, petetizar o Pré-Sal. Justo é saber que o Brasil agora tem dono.

GAROTO-PROPAGANDA - No mais descontraído desempenho do papel de garoto-propaganda, interpretando o personagem que mais gotsa - o de cabo eleitoral - Lula disse ontem no horário gratuito (!?) de TV que "o Brasil mudou. Mudou tudo". Mudou mesmo. Agora é o País da Esperteza.

MAIORIA ESMAGADORA - Maioria na Câmara; maioria no Senado; maioria de governadores; maioria nos poderes constituídos... Esse é o caminho das democraturas: esmagar os direitos de cada um. Adeus liberdade de pensamento e de expressão.

EFICÁCIA - Sem nenhum concurso público, sem nenhum teste prévio de aptidão, Dilma foi a primeira em tudo na história do governo Lula. E com que eficácia! Do PAC-1 pulou para o PAC-2 e, sem realizar nenhum deles, vai botar o PAC-3... no papel. Em suma, tudo será um grande resumo do melhor programa da dupla Lula/Dilma, o "Minha Casa Civil, Minha Vida".

DESPETETIZAR - O Brasil precisa ser despetetizado. Não por se tratar do PT - que até existe um diminuto PT que é do Bem - mas pelo despreparo generalizado que se acomodou com malas e bagagens nos cargos públicos de todos os níveis - do porteiro ao motorista; da zeladora aos ministros. Essa forma indiscriminada de repartir o Estado com portadores de carteirinha do partido é tão, ou mais nociva e perniciosa que as privatizaçoes execradas pelo governo Lula.

O Brasil precisa de concursos, de avaliações de aptidões, de qualificação de quem se disponha a ser ou trabalhar pelo governo. O seu diploma, o diploma dos seus filhos, não valem nada nesse Brasil Da Silva. Resta apenas a esperetza. Seja como eles querem que você seja: um esperto. Engane-os: diga que é PT e compre uma carteirinha do partido. Amanhã você está empregado. E seus filhos, seus netos, sua faxineira, seu jardineiro. Sim, você terá todo esse conforto na volta. Você será mais um cidadão da nova elite nacional desse "Brasil que mudou". Vá fingindo e dando carteiraço por aí.

FICHA LIMPA - O distrital brasiliense Benício Tavares, condenado por desvio de dinheiro da ONG de deficientes físicos que criou para presidi-la, não é mais um Ficha-Suja. A Justiça descobriu que seu crime prescreveu. Benício Tavares é honesto por decurso de prazo.

A MULHER - Não se trata de que "vai ser a primeira mulher presidente do Brasil". A questão é: quem é essa primeiríssima mulher?!?

AS PROVAS, CADÊ AS PROVAS?!?
01. Bruno reafirmou perante a lei que não matou Eliza Samudio. Pronto! Já pode voltar ao gol do Flamengo;
02. Mizael Bispo quer provas de que matou a ex-namorada Mércia... Até lá, continua advogando;
03. Dilma, em brado retumbante, prossegue pedindo: - As provas, cadê as provas contra Erenice? Até lá, continua postulando a Presidência da República.

LEI PIZZA - A Lei Seca já virou pizza. Depois de acabar com alguns grupos de happy hour no país, já se sabe que ela só pode ser aplicada com teste de bafômetro ou exame de sangue. Como ninguém é obrigado a produzir provas contra si mesmo, colocou-se em prática o modelito da esperteza que assola o país: o golpe da constatação visual assinado por um médico legista de plantão. Resultado: menos de 10% dos flagrados ganham o título de pinguço; outro tanto paga e não bufa a multa de R$ 950; o resto marcha com a velha e tradicional propina do izoneiríssimo Brasil brasileiro.

ELE VOLTOU - Diante da queda de Dilma até mesmo nas pesquisas sob encomenda, Lula está de volta aos palanques e telinhas do Brasil. Outra vez, com enorme prazer, ele deixa de lado os afazeres de presidente da República para ser cabo eleitoral - o cargo mais importante de sua biografia política. O Brasil, até o dia da eleição, está acéfalo. O palanque é mais importante que o gabinete presidencial.

CREIA - Tudo o que a Dilma promete fazer em quatro anos é o que Lula não fez nesses últimos oito anos de governo. Acredite, se quiser.

ÍCONES - Vox Populi, Ibope, Datafolha, Sensus - ícones da credulidade popular. O conto vira verdade na pesquisa boca de urna.