3 de ago de 2010

Nem as moscas

SÓ ELAS

No início da semana acabou o recesso parlamentar. Os senhores parlamentares - com horrorosas exceções - não apareceram. Só as moscas mostraram notar a diferença. Elas também não foram lá. Não tinham o que fazer.

LIXO

Acostumado a dar nó em pingo d'água, agora Lula quis fazer chover pra cima: sancionou a lei da reciclagem de lixo. Em outubro bem que se poderia reciclar o Brasil, o Estado e o Congresso. Mas há resíduo sólido demais como candidato.


O BOM CENSO
Quantos moradores de rua já responderam às 25 questões do censo do IBGE? E onde ficam as casas dos foragidos?

NO AR
Qual é mesmo a especialidade do PT faz quando não está montando dossiê?

SOLIDARIEDADE
Os tucanos estão interessados no estado de saúde da postulante Dilma. Não tratam de se mostrarem solidários até nessa hora... Eles acham que o eleitor deve saber em quem estará votando em outubro, em Dilma ou no Michel Temer.

BICADA DOLOROSA
Cercado por repórteres que queriam sabe se Índio, o seu vice, teria condições de presidir o Brasil, Zé Serra foi mais tucano do que nunca e deu uma bicada dolorosa: - Eu tenho boa saúde. Não fez mais do que humor negro. Pelo visto, não cogita entregar a presidência para Índio, nem mesmo quando viajar a bordo do seu Aeroserra para virar também cidadão do mundo.

PAUTEIRA
Dilma ao ser indagada a respeito do dossiê contra a filha do apóstolo Mantega, não conteve a guerrilheira que andava adormecida dentro dela e quis pautar os repórteres. Disse que a pergunta era "eleitoreira". Em seguida, dura e perdendo a ternura ripostou com conhecimento de causa: - Carta anônima não é dossiê. Pois não é mesmo; nem dossiê é banco de dados. Vai ser dura a vida de jornalista se em outubro der Lulalá de novo.

FUTURO
Está bem, os "meninos da Vila" são ótimos. Mas, uma dúvida enche de curiosidade o técnico Dorival Júnior, do Santos: - O que será que o Madson vai ser quando crescer?